Plataforma Brasil Exportação é lançada no Web Summit em Portugal

cq5dam-web-1280-1280

  • Comunidade digital gratuita impulsiona as exportações de empresas brasileiras, principalmente micro, pequenas e médias
  • Empresários encontram todos os serviços da cadeia exportadora em um único lugar de forma rápida e fácil

Lisboa, 14 de novembro de 2023 – A plataforma Brasil Exportação, idealizada para simplificar e democratizar o acesso às exportações, revolucionará a forma como os exportadores brasileiros atuam ao conectar, de forma rápida e fácil, empresas a prestadores de serviço de apoio ao comércio exterior. A iniciativa, que permite aos empresários encontrarem serviços diversos em um só local, foi oficialmente lançada durante o Web Summit Portugal nesta terça-feira (14).

Segundo o vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Geraldo Alckmin, a plataforma é inovadora em nível mundial e tem o potencial de expandir a participação das empresas no comércio exterior brasileiro. Ela integrará todos os serviços de apoio à exportação para empresas brasileiras, com atenção especial às MPMEs e será um dos principais instrumentos da recém-lançada Política Nacional de Cultura Exportadora (PNCE). “Na PNCE, estamos buscando um comércio exterior mais inclusivo, em que mais MPMEs sejam beneficiadas pelas vantagens de fazer parte do mercado internacional. A Plataforma Brasil Exportação será uma ferramenta importante para alcançarmos esse objetivo”.

De acordo com o estudo Perfil das Firmas Exportadoras Brasileiras, elaborado pelo MDIC em 2023, as empresas exportadoras tendem a pagar melhores salários e a gerar mais empregos. Esse fato demonstra a relevância de políticas públicas de incentivo às exportações, podendo ser a internacionalização um importante vetor de geração e distribuição de renda.

A plataforma é resultado de uma cooperação entre os governos brasileiro e britânico, no âmbito do Programa de Facilitação de Comércio Brasil-Reino Unido, liderado pelo MDIC e pela Embaixada do Reino Unido no Brasil. O projeto hoje é operado pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), e conta com a parceria do Ministério das Relações Exteriores (MRE), do Sebrae, da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) que se uniram para disponibilizar serviços de comércio exterior a empresas de diversos portes e setores. A Brasil Exportação também divulgará os serviços prestados pelos mais de 100 Setores de Promoção Comercial e Investimentos (SECOMs) do Itamaraty instalados em países dos cinco continentes.

Para o Chanceler Mauro Vieira, “o lançamento de uma ferramenta inovadora como a Brasil Exportação em muito contribuirá para aproximar o empresariado brasileiro interessado em conquistar espaço no exterior das nossas embaixadas e consulados. Por meio dos Setores de Promoção Comercial e Investimentos de seus postos no exterior, o Itamaraty mantém a tradição de apoiar o setor produtivo nacional. A nova plataforma certamente tornará ainda mais ágil esse contato, facilitando a atuação de nossos empresários nos mais diversos mercados”.

Para Jorge Viana, presidente da ApexBrasil, agência operadora da plataforma, a Brasil Exportação estabelece uma conexão direta dos empresários brasileiros com o mundo inteiro ao integrar empresas exportadoras com uma ampla gama de provedores de serviços de apoio à exportação. Ele destaca ainda que o projeto está alinhando à estratégia de Agência Digital, um dos objetivos estabelecidos pelo Plano Estratégicos da ApexBrasil para o quadriênio 2024-2027, e visa aumentar a participação de empresas de todos os estados brasileiros nas exportações. “O Brasil tem potencial para ampliar significativamente sua participação no comércio internacional, dando mais oportunidades a empresas menores, empresas das regiões Norte e Nordeste, com modelos de negócios inovadores. A Plataforma Brasil Exportação é nossa resposta a esses desafios, de forma moderna e eficiente”.

A plataforma divulga serviços de apoio à exportação para empresas de todos os portes e de todos os setores da economia brasileira. As soluções oferecidas pela CNI e CNA auxiliam os empresários a alcançarem o mercado internacional levando os produtos brasileiros para o mundo. As micro e pequenas empresas também poderão contar com as capacitações do Sebrae para começar na exportação ou ampliar seus negócios no exterior.

A comunidade divulgará produtos de toda a cadeia da exportação, desde a capacitação e promoção até o financiamento e logística. O empresário encontrará uma ampla variedade de serviços, como estudos, cursos, mapas de oportunidades, eventos, armazenagem, frete, financiamento e muito mais. Em um ambiente digital, a empresa pode pesquisar, avaliar e favoritar serviços de sua preferência, além de interagir com os prestadores para tirar dúvidas sobre os serviços oferecidos.

Para o Sebrae, a plataforma consolida muitos dos esforços das instituições brasileiras que impulsionam os negócios em seu processo de internacionalização. A instituição, voltada aos empreendedores de pequeno porte tem trabalhado ativamente para que acessem novos mercados. “O Brasil está em um excelente momento econômico e vem acumulando excelentes resultados nas exportações. A nossa Balança Comercial vem registrando superávit ao longo de 2023. O mundo hoje é digital e esta mudança veio para ficar trazendo centenas de oportunidades. Os pequenos negócios poderão ter, por meio desta plataforma, informação de qualidade em um só lugar e ainda trocar experiências”, destaca o presidente do Sebrae, Décio Lima.

O presidente da CNI, Ricardo Alban, reforça a importância de fomentar a internacionalização de empresas de menor porte, o que contribui para torná-las mais competitivas e produtivas. “A importância da plataforma se dá, principalmente, pela facilidade, velocidade e confiança no acesso às informações, serviços e oportunidades para a exportação de produtos brasileiros, o que faz diferença para as micro e pequenas empresas. É uma ferramenta que tem o potencial de promover a diversificação da economia brasileira e fortalecer a presença do Brasil no comércio global. Ela vai auxiliar as empresas a tomarem decisões informadas e a aumentarem as chances de sucesso no mercado global”, diz Alban.

Segundo a Diretora de Relações Internacionais da CNA, Sueme Mori, “a Plataforma Brasil Exportação é uma ferramenta importante para produtores rurais, cooperativas e agroindústrias que precisam de apoio à exportação. Por meio da plataforma, eles terão acesso a uma vasta quantidade de serviços que são essenciais para prepará-los para o comércio exterior. A CNA participa da iniciativa desde o início porque acredita que o trabalho conjunto e coordenado entre as instituições que atuam na promoção das exportações no país é chave para ampliar a participação brasileira no mercado internacional”.

Sobre a plataforma Brasil Exportação

A plataforma Brasil Exportação é uma comunidade digital de acesso gratuito que integra todos os passos de uma empresa no processo de exportar. Sua proposta é conectar, de forma rápida e fácil, empresários a prestadores de serviços de comércio exterior. A meta é incentivar as exportações brasileiras de micro, pequenas e médias empresas promovendo impacto social e econômico.

O projeto é uma parceria entre a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), além dos Ministérios do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) e das Relações Exteriores (MRE). A iniciativa tem a missão de facilitar o caminho do exportador para que ele possa alcançar o sucesso internacional.

Serviço

Acesse a Plataforma Brasil Exportação e crie sua conta – é fácil, rápido e gratuita para todos.

Plataforma Brasil Exportação (braexp.com.br)

Fonte: ApexBrasil

abrafrigo

Leave Comment