RS: casos de abigeato assustam produtores de Albardão

Furtos de animais foram registrados na virada do ano e no último sábado na localidade

Uma sequência de casos de abigeato (furto de animais) vem assustando moradores de Albardão, no interior de Rio Pardo. Os recentes ataques de criminosos às propriedades causaram transtornos a produtores que sobrevivem de recursos provenientes da venda da carne. O modus operandi dos ladrões que agem na área chama a atenção. Eles abatem o gado no local, deixando apenas as carcaças dos animais e suas cabeças, patas e vísceras.

Se o animal é menor, eles o laçam e matam com facadas. Se é de grande porte, abatem com um tiro de espingarda na cabeça. Em novembro, uma vaca de 600 quilos foi alvo dos criminosos. Na virada do ano, um animal de 500 quilos, que estava em uma fazenda, foi a vítima. Já no último sábado, os abigeatários mataram um terneiro de 200 quilos em uma propriedade e roubaram sua carne.

Os três últimos casos não foram registrados na polícia. Entre os fatores elencados por moradores para não realizarem o boletim de ocorrência está a dificuldade nos registros online. Ainda vigora a restrição de pessoas dentro das delegacias por causa da pandemia. Por isso, a orientação é que crimes de abigeato, e outros considerados não graves ou urgentes, sejam comunicados pelo site delegaciaonline.rs.gov.br.

Fonte: Gazeta do Sul – Santa Cruz do Sul

abrafrigo

Leave Comment