Produtores rurais anunciam megamanifestação contra o Funrural no dia 4 de abril em Brasília

Produtores rurais de todo país pretendem parar Brasília no próximo dia 4 de abril, durante o Manifesto Verde Amarelo, na Praça dos Três Poderes. Eles vão protestar contra a cobrança retroativa do Funrural e esperam que o Supremo Tribunal Federal (STF) declare-a inconstitucional para ter segurança jurídica em relação à questão. Segundo seus organizadores, o movimento ganha novas adesões continuamente. Entre as mais recentes, estão as da ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebu) e da Associação Brasileira de Frigoríficos (ABRAFRIGO).

Embora o presidente Michel Temer tenha sancionado no mês passado a lei – aprovada pelo Congresso Nacional – que prevê o parcelamento das dívidas do Funrural, com prazo de adesão até 30 de abril, os produtores argumentam que isso representaria assumir um passivo que não tinham antes. Eles lembram que o próprio STF havia declarado a cobrança inconstitucional em 2010, mas mudou de entendimento em 2017 e considerou-a constitucional, criando “insegurança jurídica”.

“O objetivo da manifestação é dar voz ao produtor rural contra as mazelas e pressões trabalhistas, ambientais, indígenas e de direito de propriedade, que recebe diariamente”, diz uma liderança do setor, que prefere não se identificar. Um dos principais focos da manifestação do dia 4, acrescenta, é a luta contra a cobrança retroativa do Funrural.

A agropecuária é discriminada, mesmo com bom desempenho, assinala a liderança. O agro, observa, é uma das cadeias produtivas que mais contribuem para a geração de emprego e renda e o desenvolvimento regional. E as exportações agropecuárias crescentes, ressalta, têm garantido o superávit na balança comercial brasileira. No ano passado, completa, o setor cresceu 13%, permitindo o aumento de 1% no PIB e o fim da recessão.

Por isso, há insatisfação entre as entidades de produtores que estão organizando o Manifesto Verde Amarela, como a ANDATERRA (Associação Nacional de Defesa dos Agricultores, Pecuaristas e Produtores da Terra). Até o momento, 99 entidades apoiam o movimento:

1 – Sindicato Rural de Jataí – GO

2 – Sindicato Rural de rio Verde – GO

3 – Sindicato Rural do DF

4 – Sindicato Rural de Itarumã – GO

5 – Sindicato Rural de Serranópolis – GO

6 – Sindicato Rural de Capinzal – SC

7 – ANDATERRA

8 – UDR

9 – A Voz do Campo

10 – Sucesso no Campo

11 – ASSOCARNES  – MS

12 – SINDICARNES – BA

13 – Cooperativa COMIGO – GO

14 – Sindicato Rural de Mineiros – GO

15 – AADP – Assoc. dos Agricultores de Dom Pedrito – RS

16 – Sindicato Rural de Nova Crixás – GO

17 – Sindicato Rural de Campo Florido – MG

18 – Sindicato Rural de Marabá – PA

19 – ACRIPARÁ – Associação de Criadores do Estado do Pará

20 – AFRIG – Associação de Frigoríficos de MG/ ES/ DF

21 – Sindicato Rural de Xinguara – PA

22 – Sindicato Rural de São Felix do Xingu -PA

23 – Sindicato Rural de Tailândia – PA

24 – Sindicato Rural de Paragominas – PA

25 – APROMAN Associação dos produtores de Mandioca do Paraná

26 – APROSOJA GO

27 – APROSOJA MT

28 – Sindicato Rural de Ulianópolis – PA

29 – Sindicato Rural de Araçatuba – SP

30 – Sindicato Rural de Catanduva – SP

31 – Sindicato Rural de Marília – SP

32 – Sindicato Rural de Osvaldo Cruz – SP

33 – Sindicato Rural de Presidente Prudente – SP

34 – Sindicato Rural de Presidente Venceslau – SP

35 – Sindicato Rural de Santa Rita do Pardo – MS

36 – Associação Brasileira de Laço Comprido

37 – Produtores Independentes do PR

38 – Produtores Independentes do MS

39 – Sindicato Rural de Redenção- PA

40 – Sindicato Rural de Jussara – GO

41 – T@G – GO

42 – Sindicato Rural de Itupiranga-PA

43 – Sindicato Rural de São Gabriel – RS

44 – Associação Rural e Sindicato Rural de Dom Pedrito – RS

45 – Sindicato Rural de Canaã dos Carajás – PA

46 – Sindicato Rural de Araguari – MG

47 – Sindicato Rural de Campina Verde – MG

48 – Sindicato Rural de Porangatu – GO

49 – Sindicato Rural de Catalão – GO

50 – Sindicato Rural de Cabeceiras – GO

51 – Sindicato Rural de Piçarra – PA

52 – Sindicato Rural de Bom Jesus do Tocantins – PA

53 – Sindicato Rural de Jacunda – PA

54 – Sindicato Rural de Parauapebas – PA

55 – Grupo Pecuaristas TOPA

56 – Sindicato Rural de Pontes e Lacerda – MT

57 – Sindicato Rural de Paraúna – GO

58 – Sindicato Rural de Morrinhos – GO

59 – Sindicato Rural de Palmas – TO

60 – Sindicato Rural de Araguaína – TO

61 – Sindicato Rural de Colinas – TO

62 – ACRIMAT – Associação dos Criadores de Mato Grosso

63 – Sindicato Rural de Barra do Garças – MT

64 – Federarroz – RS

65 – CTG Querência Goiana Jataí-GO

66 – M&T Transportes Jataí-GO

67 – Sindicato rural de Para de Minas-MG

68 – Solubio – Panambi-RS

69 – Sindicato Rural de Tocantinópolis-TO

70 – GPB Brasil

71 – Rural Pecuária

72 – Produtores de Vila Taboca – PA

73 – Sindicato rural de Montes Claros – GO

74 – GAPES/ Grupo Associado de Pesquisa do Sudoeste Goiano

75 – Sindicato rural de Itapuranga – GO

76 -Associação dos Cafeicultores do Brasil – SINCAL

77 – União Brasileira dos Agraristas Universitários – UBAU

78 – ASSOVALE – Associação Rural Vale do Rio Pardo – Ribeirão Preto

79 – Núcleo dos Criadores de Cavalo Quarto de Milha de Brasília

80 – Sindicato Rural de Balsas – MA

81 – Sindicato dos Produtores Rurais de São Geraldo do Araguaia – PA

82 – ABCZ

83 – APROSOJA PR

84 – SINDICATO RURAL DE PORTO MRUTINHO – MS

85 – Sindicato Rural de Nova Ipixuna PA

86 – Sindicato Rural de Sapucaia PA

87 – APROSOJA PA

88 – APROSOJA PI

89 – Associação dos Agricultores  e Irrigantes do Oeste da Bahia -AIBA

90 – SINDICATO RURAL.DE CHAPADÃO DO SUL MS.

91 – APROFRANCO – Associação dos proprietários rurais de Serra Ricardo Franco.

92 – Sindicato Rural de Vila Bela de Santíssima Trindade – MT.

93- APROSOJA – BA

94 – UNIEC

95 – SINCARNE PA

96 – ABRAFRIGO

97 – APROSOJA MG

98 – Irrigantes do Brasil

99 – SINDICARNE – PA

Fonte: Agroemdia

abrafrigo

Leave Comment